quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

PARAFUSO

eu me posicionei em tua fenda
e força
rodei e entrei um pouco
tu facilitando
rodei e entrei um pouco
beijos
rodei e entrei um pouco
mensagens
rodei e entrei um pouco
o cheiro do teu perfume
rodei e entrei um pouco
o chocolate que te comprei
rodei e entrei um pouco
o chocolate que tu me compraste
rodei e entrei um pouco
as minhas caricias e tuas respostas
rodei e entrei um pouco
as nossas confidências
rodei e entrei um pouco
minha mão na tua
rodei e entrei um pouco
beijos no teu olho de sono
rodei e fiquei trancado
_____________________________________________________
mas depois tu...
foi embora, e eu?
rodei e sai um pouco
ligastes para velhos amores quando voltou
rodei e sai um pouco
trouxe-me notícias ruins, de outros parafusos
rodei e sai um pouco
e não soube a tempo que eu me emudeci
rodei e sai um pouco
e não se arrependeste
rodei e sai um pouco
e não fez nada, nem pediu perdão
rodei e sai um pouco
nem ligou mais
rodei e sai um pouco
nem mensagem
rodei e sai um pouco
e eu? sozinho
rodei e sai um pouco
rodei e sai um pouco
até que cai, de alto, sem força, sem sustento algum
mas fiz barulhos, que ecoou pelos teus cantos 

0 Opinião (ões):

Tecnologia do Blogger.

Inscreva seu email, baby.

Seguidores

Hipocondria Literária Popular

Ocorreu um erro neste gadget