quinta-feira, 3 de maio de 2018

O ÚLTIMO AMOR


O Último Amor anda entre as pedras se equilibrando
Quer conversar, mas não tem com quem
Vai ao museu, ao mercado
E bate ponto de segunda a sexta feira em horário comercial
O Último Amor é a coisa mais linda do mundo
Um dia a lua ficou mais tempo no céu para olha-lo
[Uma noite clara de luz cinematográfica]
Sonha tanto que teme não querer mais acordar um dia:
Cumplices de vida e sorrisos, aventuras inesperadas e animais fantásticos.
Por ser o último ainda reza e se contenta com as doces lembras de outrora
Mas secretamente, bem lá no fundo é louco em achar o Último Sortudo.


Tecnologia do Blogger.

Inscreva seu email, baby.

Seguidores

Hipocondria Literária Popular