sábado, 22 de junho de 2013

MUCUMDUXU

Entender a força que move
E o estado das tuas coisas, todas elas
Os teus olhos, bem como o brilho deles
E o sorriso: ignição e função. [eu te olho]
Dinâmicas mais tuas e as sobrancelhas 
Mamãe me alertou “estude e trabalhe bem antes do amor”
Mas sou latino, mamãe, e barroco demais
Não sei por onde os santos andam
E nem onde te encontrar
O que quero? Nada.
Não quero mais contar.
Tecnologia do Blogger.

Inscreva seu email, baby.

Seguidores

Hipocondria Literária Popular

Ocorreu um erro neste gadget