quinta-feira, 18 de agosto de 2011

NADA NÃO



Um tempo me afasta
Sou o poder de ser eu e sermos nós
Uma pedra no canto da casa
Uma palavra que evito pensar:
Uma palavra sentimento:
Uma palavra ridícula:
Uma palavra-México-novela-SBT.

Vou para cama
E penso tudo
Menos em nós...
Preciso dormir. 

0 Opinião (ões):

Tecnologia do Blogger.

Inscreva seu email, baby.

Seguidores

Hipocondria Literária Popular

Ocorreu um erro neste gadget