segunda-feira, 18 de junho de 2012

MÚSICA CALMA



Não sai palavras da boca da apresentadora
Os carros não tocam o chão fazendo barulho
Quem dança, dança rápido demais para ritmo calmo
As pessoas mais lentas e nem tristes e nem felizes

Tudo tão calmo e pardo  
Tudo azul grande e forte num zum
Ação cantada num tom alto
Mais alto que as ações escutam
Ou fingem escutar

E nesse descompasso
Eu passo eu fico me ligo
Um sonho assim roubado
Cecilia Meireles e o céu
Com ela a noite eu não consigo dormir

Indo em frente como em mim é involuntário
Que eu já não consigo mais sentir
E assim perdido ou achado
Continuo os passos todos eles por mim..

[e os dias e os astros e as cores dos céus, e tudo isso que eu tentei colocar aqui.].

0 Opinião (ões):

Tecnologia do Blogger.

Inscreva seu email, baby.

Seguidores

Hipocondria Literária Popular

Ocorreu um erro neste gadget