terça-feira, 3 de março de 2015

menino homem

ele se anuncia, “vou chover hoje.”
‘tadinho’ do menino homem
que o mundo engoliu de uma só vez
desde pequeno já era guerreiro
sabia apreciar a lua e sonhava
enfrentava tudo em nome do coração
mas por si, ele é fraco,
entendeu errado o processo da justiça do mundo
é surdo e sego às suas necessidades
mas é um guerreiro
é um príncipe
esse menino homem
que morre em todo não
já fala com a voz embargada,
“não bate mais neu não”
o mundo capitão de enredos
assume que é indiferente a lamúrias
mas quando ele canta
quando ele canta
o mundo inteiro fica melhor
pintado de sonho
o mundo quando ele canta
fica bom
por isso menino homem
em sua defesa

cante

0 Opinião (ões):

Tecnologia do Blogger.

Inscreva seu email, baby.

Seguidores

Hipocondria Literária Popular

Ocorreu um erro neste gadget