segunda-feira, 2 de abril de 2012

SONHO ÍNTIMO DO SERTÃO



A terra do sertão fica vermelha quando se molha, é uma relação sexual da água com substância tão antiga chamada de chão. Passas sempre longas estações distante daquilo que já se foi orgânico: o sertão foi mesmo mar. O caboclo, não sabe. A lavadeira não sabe. A criança brincando com a boneca de milho não sabe. Não se sonham muito além da porteira, e muitos nem conhecem o mar, a não ser naquela noite longa de luar sobre a plantação molhada, tudo azul, onde o sertão sonha com o passado.

0 Opinião (ões):

Tecnologia do Blogger.

Inscreva seu email, baby.

Seguidores

Hipocondria Literária Popular

Ocorreu um erro neste gadget