quinta-feira, 29 de setembro de 2011

FOSTE TU MESMO QUEM ESCREVEU ISSO



e a palavra que derrama da boca da artista
solta para aqui em casa
e desmantela tudo
é desconcertante ouvir-se
na boca de alguém conhecido e desconhecido ao mesmo tempo: a artista.

tu no canal em entrevista
ao diabo talvez
seria tu
embora eu não existisse

mas eu
sem tu
seria outro
não esse outro aqui
que soma experiência
e guarda personagens
seria o próprio
como num poema de Cecília Meireles

e tu fica ai, na capital
do teu orgulho mesquinho
pensando em mim
em vão
não sou eu
não sou mais.

0 Opinião (ões):

Tecnologia do Blogger.

Inscreva seu email, baby.

Seguidores

Hipocondria Literária Popular

Ocorreu um erro neste gadget