quinta-feira, 15 de outubro de 2015

HOJE

Hoje eu não posso ser menos que eu mesmo
Não posso entregar assim,
Como é mesmo? Morrer na praia, não é todo um ruim?
Pois é, concordo tenho as medalhas de quem morrer na praia
E todos os méritos
Eu não posso desistir
Tudo desaba, ninguém quer ouvir, nem escutar
É como se houvesse só uma batalha de egos
Eu tenho um ego grande
Mas sei ouvir
E é essa a diferença de tudo
Eu sou o crescido
O menino que cresceu, que viu, ouviu
E não gostou
O que fazer?
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx[Não sei, mas vou continuar]

0 Opinião (ões):

Tecnologia do Blogger.

Inscreva seu email, baby.

Seguidores

Hipocondria Literária Popular

Ocorreu um erro neste gadget