quarta-feira, 29 de maio de 2013

CANÇÃO DA MULHER FIEL


Noite aquela me lembro bem
Sorri sozinha num canto da casa
Sem mais
Corri pro meu quarto
Despedi o corpo de trabalho
Na penteadeira antiga de vóvo
Tirei o cansaço com leite de rosas

Limpei, meus pés de chão
Limpei, meus calos na mão
Limpei, as marcas deixadas de sol com pó e talco, limpei

E já me via assim
Vestida de seda colorida
Sapado alto enfeitado
Pulseira de ouro banhado
Sorria no espelho
Esperando você
Pra mim
Em mim
Assim como quem treina pra ser feliz
Pra mim
Em mim

Chegou um tantinho atrasado
Me viu, batom de rouge com brinco furado
Olhou tanto assim desconfiado
Pegou apertado no braço
Sentiu que era feio meu andar disparado
Mandou destruir penteado
Chegou, já deixando de lado
Não vi mais meu marido assanhado
Saiu, sozinho assim desconfiado
No bar
Tomou tudo que era passado, de solteiro
E eu...
... descobri que o vizinho é bem fiel,
e ele não é nem casado.


0 Opinião (ões):

Tecnologia do Blogger.

Inscreva seu email, baby.

Seguidores

Hipocondria Literária Popular

Ocorreu um erro neste gadget